Anamnese

Anamnese é uma entrevista realizada pelo profissional de saúde ao seu doente, que tem a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico de uma doença, ou uma resposta humana aos processos vitais no caso do profissional.

A anamnese médica é um procedimento fundamental para estabelecer o diagnóstico preciso e instituir as condutas terapêuticas mais adequadas às condições clínicas do paciente.

Sendo assim, essa prática deve ser embasada em conhecimentos científicos relacionados à abordagem do paciente, técnicas de entrevista, avaliação da linguagem não verbal, entre outras habilidades.

Por isso, se você quiser fazer uma anamnese objetiva e eficiente,  Ensinaremos dicas preciosas para você não falhar nesse momento tão importante! 

É imprescindível investigar o histórico clínico do paciente. Nesse sentido, é importante questionar sobre a presença de doenças e relatos de cirurgias que são relevantes para o caso.

 

Doenças que já foram curadas eu não acho importante anotar e nem se prolongar nelas.

 

Essa anamnese (que é a ficha do paciente) não precisa ser longa e demorada.

seja objetivo em suas perguntas e faça com que o paciente seja mais objetivo ainda.

 

Não permita conversas e histórias de toda vida passada do paciente. Lembre-se seu tempo é precioso!

 

Gaste mais tempo explicando o tratamento ao paciente!

O profissional de saúde deve questionar sobre o uso de medicamentos que o paciente esteja usando e anota-los, também é importante anotar vitaminas e minerais e a quanto tempo essa pessoa está tomando esses suplementos.

Interprete a linguagem não verbal

Às vezes, o paciente está relatando algum sintoma, mas seus gestos contradizem a informação passada. A linguagem não verbal é aquela que é interpretada por meio de gestos e atitudes.

Pacientes que cruzam os braços na frente do profissional, mexem as pernas demasiadamente ou não olham diretamente para as pessoas podem estar apresentando comportamentos de negação diante das informações, ansiedade e omissão de fatos importantes.

Converse com o paciente sobre o diagnóstico

Após a investigação das queixas do paciente, reflexão sobre as informações obtidas na consulta e descritas no prontuário, é preciso que o profissional esclareça ao paciente sobre a possibilidade de estabelecer um diagnóstico naquele momento ou necessitar de mais exames, nesse caso deverá pedir ao paciente que procure um clínico geral mas que continuará com seu tratamento.

Deve sensibilizar o paciente sobre a importância da adesão às recomendações clínicas.

OBS: SEJA RESPONSÁVEL NÃO FAÇA TRATAMENTO SEM FAZER ESSA ANALISE DA PESSOA, VOCÊ PODERÁ PREJUDICAR A SAÚDE DELA. CUIDADO EM PASSAR LIMPEZAS INTESTINAS SEM SABER SE A PESSOA TEM SANGUE NAS FEZES OU SEM FAZER ESSE DIAGNÓSTICO, NÃO É PORQUE É NATURAL QUE NÃO TEM CONTRA INDICAÇÃO.

EVITE PASSAR TRATAMENTO EM GRUPO.

SE VALORIZE COBRE UMA CONSULTA É PRA ISSO QUE VOCÊ ESTÁ SE FORMANDO, A PESSOA IRÁ TE VÊ DESTA FORMA COMO UM PROFISSIONAL RESPONSÁVEL E DIFERENTE DOS DEMAIS QUE SEM RESPONSABILIDADE PASSA TRATAMENTO EM REDES SOCIAIS, SÓ PORQUE O AMIGO PERGUNTOU OQUE É BOM PRA INCHAÇO NO PÉ? OQUE É BOM PRA DOR NO RIM?

 

PASSAR TRATAMENTO SEM ANALISAR O PACIENTE NÃO SER BONZINHO É SER IRRESPONSÁVEL!

ANOTE ANTES DE ACABAR A CONSULTA O DIA DO RETORNO QUE GERALMENTE É 1 A 2 MESES DEPENDENDO DO GRAU DE ENFERMIDADE E DO TRATAMENTO QUE VOCÊ PASSOU.

Aqui abaixo vou te ensinar quais são as perguntas mais importantes a serem anotadas.

 

MODELO DE FICHA DE ATENDIMENTO ANOTAÇÃO DE PAGAMENTO DA CONSULTA FICA COM TERAPEUTA

                                                                   www.pncursonaturopatia.com

© 2020 por K.Marvila.               Empresa www.pnatureza.com.br                                                  Nos siga nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram