Sintomas de Pancreatite


Pancreatite: o que é, sintomas e principais causas


A pancreatite é uma inflamação grave do pâncreas que acontece quando as enzimas digestivas produzidas pelo próprio órgão são liberadas em seu interior, promovendo a sua destruição progressiva e levando ao aparecimento de sinais e sintomas como dor abdominal forte, enjoos e vômitos, febre e hipotensão.

De acordo com a duração e evolução dos sintomas, a pancreatite pode ser classificada em:

  • Aguda, que acontece de forma repentina e tem duração relativamente curta;

  • Crônica, em que os sintomas pioram ao longo do tempo, podendo causar danos permanentes e tornando o tratamento mais complexo.

É importante que a pessoa consulte o médico para que seja feito o diagnóstico, identificada a causa e iniciado tratamento adequado, que pode ser através do uso de medicamentos ou realização de cirurgia.


Sintomas de pancreatite

Os sintomas de #pancreatite surgem quando as enzimas produzidas pelo pâncreas e responsáveis pela digestão dos nutrientes no intestino são liberadas no próprio pâncreas, inciando a digestão do próprio órgão e resultando no surgimento de sinais e sintomas como:

  • Dor na parte superior do abdômen, podendo irradiar para as costas, que piora com o passar do tempo e após as refeições;

  • Náuseas e vômitos;

  • Inchaço e sensibilidade na barriga;

  • Febre;

  • Aumento dos batimentos cardíacos;

  • Fezes amareladas ou brancas e com sinais de gordura;

  • Perda de peso não intencional;

  • Desnutrição, já que a digestão não é completa e os nutrientes não conseguem ser absorvidos pelo intestino.


Na presença desses sintomas, é importante consultar o médico o mais rápido possível, pois a doença pode piorar rapidamente e causar hemorragias ou problemas graves nos rins, pulmões e coração, aumentando o risco de morte.


Assim, para que sejam evitadas as complicações da pancreatite, o médico deve indicar a realização de exames que permitem identificar a causa da pancreatite e, assim, iniciar o tratamento mais adequado, podendo ser recomendada a realização de exames de imagem e laboratoriais, principalmente a dosagem das enzimas amilase e lipase no sangue, que são enzimas produzidas pelo pâncreas.


Principais causas

A pancreatite é causada por situações que podem interferir no funcionamento do pâncreas e alterar o processo de produção e liberação das enzimas digestivas. Apesar de poder acontecer em pessoas saudáveis, a pancreatite é mais frequente em alguns casos, como:

  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;

  • Pedras na vesícula;

  • Fibrose cística;

  • Doenças autoimunes.

  • Elevados níveis de cálcio no sangue;

  • Câncer no pâncreas;

  • Como consequência do uso de algum medicamento;

  • Infecções virais, como caxumba ou sarampo.

Além disso, pessoas com histórico familiar de pancreatite também têm maiores chances de ter o problema em algum momento da vida.


Como é feito o tratamento

O tratamento para a pancreatite é feito no hospital e varia de acordo com os sintomas apresentados pela pessoa e gravidade da doença, podendo ser indicado o uso de medicamentos para aliviar a dor e uso de antibióticos, em alguns casos, para diminuir o risco de infecções secundárias.


Além disso, no caso da pancreatite aguda, é indicado que a pessoa não coma até a crise passar, pois assim é possível evitar a inflamação do pâncreas e promover a sua recuperação.

No caso da pancreatite crônica, a alimentação através de sonda pode ser necessária durante algumas semanas, e o médico pode recomendar o uso de remédios com enzimas digestivas, que ajudam a digerir os alimentos e permitir que eles sejam absorvidos pelo intestino.


Esta informação foi útil? Compartilha nas suas redes sociais.

10 visualizações

                                                                   www.pncursonaturopatia.com

© 2020 por K.Marvila.               Empresa www.pnatureza.com.br                                                  Nos siga nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram